sexta-feira, 21 de novembro de 2008

A Dama de Shanghai


Engraçado falar de Orson Welles parece cabotinagem mais não é... Alias prefiro Dama mil vezes a "Cidadão Kane"! Também gosto muito de "O Terceiro Homem", embora algumas cenas como qdo finalmente aparece Harry Lime (Orson Welles) você nega ser a direção de Carol Reed, pois o jogo de luz não da para negar a assinatura de Welles. A historia de "A Dama de Shanghai" é engraçada. Orson ligou para os estudios de um orelhão e disse que tinha ideia para um filme otimo, o dono perguntou qual. Welles não teve duvida olhou o livro "A Dama de Shanghai" numa banca e falou. Em "O Prazer dos Olhos", Truffaut fala que o grande diretor quis fazer um filme comum. Nunca o film noir esteve vestido tão de luxo. Claro tirando os cabelos de Rita Hayworth, curtinhos e loiros. Ideia do entao marido Orson para tirar o karma de Gilda. Outra historia interessante foi do livro "Tango Solo" de Anthony Quinn, ele conta que viu o amigo num bar arrasado pois queria por que queria Rita. Tony que a conhecia ajudou no namoro. Tempos depois Quinn reviu o amigo amargando uma triste separação, Tony apenas riu (sua risada de Zorba) e falou: - Valeu ou não valeu a pena? Orson: - Tony não tem jeito você é Tango Solo. O filme conta como Michael O'Hara (Orson Welles) ao salvar Elsa Bannister (Rita Hayworth) de um assalto ganha emprego de marinheiro no iate de seu marido invalido Arthur Bannister (Everett Sloane). Mais Michael cada vez mais apaixonado pela bela patroa se vee enredado num plano mirabolante.
Com vocês a famosa sequencia da Sala de Espelhos!
Ah se todo film noir tivesse esta classe!


video

Um comentário:

Alan disse...

OI =)

Olha só, e eu que acabei de falar mal de Cidadão Kane...
E não sei qual a desses atores contra clichês. Guilda mudou minha vida e Rita Hayworth querendo me fazer esquecer do strip de uma luva só...

^^
Quintafeiraheim???

Beijoss!!